BLOG

Blog
  • Clínica do cuidar

O QUE ACONTECE SE O PACIENTE NÃO PROCURAR O DENTISTA PARA TRATAR A DOENÇA PERIODONTAL?

Primeiro, vamos definir o que é doença periodontal. É o acúmulo de placa bacteriana ao redor dos dentes que atinge a gengiva e o osso que está abaixo do tecido gengival. Quando essa placa endurece, forma o tártaro. Com o tempo, se esse tártaro não é removido, aumenta e forma “bolsas” ao redor dos dentes. Antes da placa endurecer, pode ser removida com a escovação diária e uso de fio dental. Caso contrário, causa a gengivite ou periodontite, que são os dois estágios da doença periodontal.

A gengivite é quando apenas a gengiva fica inflamada, sangrante e inchada por conta do acúmulo da placa bacteriana. O paciente consegue remover essa placa bacteriana na escovação, uso do fio dental e limpeza com o dentista.

Periodontite é o grau mais avançado da gengivite, possui perda óssea (destruição dos ossos que dão suporte ao dente).

Dessa forma, vamos falar do risco de não procurar o dentista para tratar a doença periodontal. 

A doença periodontal é uma doença silenciosa, logo, o paciente não sente que está perdendo osso. Às vezes ele só vê que a gengiva está sangrando, quando escova ou passa fio dental e muitos acham que é normal.

 Por conta disso, quando o paciente não tem o costume de ir ao dentista de 6 em 6 meses para uma reavaliação, ele só percebe que tem algo errado quando já está perdendo osso ou o dente já está “bambo”.

Quando o paciente tem perda óssea, o osso que ele já perdeu, não tem como recuperar novamente, mas tem como cuidar e tratar para o paciente conseguir controlar o quadro, ou seja, não perder mais osso e assim, não perder o dente.

O tratamento da doença periodontal consiste na raspagem subgengival(limpeza abaixo da gengiva), completa higienização bucal feita pelo paciente. Se não tratada pode levar a perda do dente. 

Cada caso é único e deve ser avaliado pelo seu dentista sempre!