BLOG

  • Clínica do cuidar

PLACA DE CLAREAMENTO PODE SER USADA NO TRATAMENTO DO BRUXISMO?


O bruxismo é um distúrbio que pode se manifestar apenas durante o sono ou também nos períodos diurnos. Caracteriza-se pelo ranger ou apertar excessivo das arcadas dentárias. Essas ações ocorrem involuntariamente, ou seja, a pessoa não percebe o que está fazendo. 

Esses são problemas comuns que podem afetar pessoas de qualquer idade.

A placa para bruxismo é essencial para evitar o desgaste dentário e outros danos à estrutura dos dentes. Ela deve ser utilizada corretamente para que, de fato, promova o efeito esperado e não cause condições desagradáveis.

É conhecida como placa miorrelaxante ou placa de mordida. Feita sob medida para cada pessoa e permite uma proteção aos dentes para evitar o contato entre as arcadas dentárias.

O ideal é a placa de acrílico, que por ser rígida, dificilmente irá ocorrer perfuração na placa em função da força do ranger ou apertamento dos dentes. Já a placa feita de silicone é flexível e muito fácil de perfurar.

Diante disso, a placa de clareamento NÃO pode ser usada no tratamento para bruxismo. As placas para o clareamento dos dentes possuem funcionalidade.

A placa de acrílico é menos confortável para o paciente, porém mais efetiva. Possui um espaçamento entre os dentes impedindo que a boca se feche totalmente e não deixa os dentes entrarem em contato, eles não sofrem atrito e não se desgastam, induzindo assim o relaxamento da musculatura da mandíbula, inibindo as movimentações involuntárias, ajudando a evitar os sintomas do dia seguinte e fazendo a prevenção de problemas na articulação temporomandibular levando ao relaxamento da musculatura da mandíbula.

O uso da placa pode ser noturno e/ou diurno. Essa recomendação varia de acordo com a necessidade do paciente e as características do seu bruxismo. Algumas pessoas têm movimentos involuntários apenas durante o sono, enquanto outras manifestam o distúrbio durante o dia.

Deve ser usada todos os dias, deve-se fazer a correta higiene e ela tem que ser guardada em recipiente adequado. Pode ser necessário trocar a placa com um tempo de uso (conforme recomendação do especialista). Dependendo do grau de bruxismo do paciente pode-se reduzir a espessura da placa com o desgaste.

Durante o tratamento, o dentista fará uma série de desgastes na placa para que o paciente se sinta mais confortável e o tratamento seja mais efetivo.

O bruxismo não tem cura, porém, com o uso das placas miorrelaxantes, os sintomas tendem a amenizar e em alguns casos até sumir. 

O uso de calmantes, tratamentos para o estresse e até práticas alternativas de relaxamento do paciente podem ser indicadas como complemento ao tratamento com placas para bruxismo.

Copyright © Clínica do Cuidar.

Desenvolvido por Bonita Comunicação Digital.

RT: Dra. Júlia Barbosa Becattini Prota - CRO/MG 44.358 - Clínica CRO/MG - EPAO-M-5226.

icone-whatsapp.png
  • Facebook Clínica do Cuidar
  • Instagram Clínica do Cuidar