BLOG

Blog
  • Clínica do cuidar

POR QUE ALGUNS CANAIS TÊM QUE SER TRATADOS COM MICROSCOPIA?

A endodontia é uma especialidade em que os procedimentos clínicos dependem da sensibilidade táctil do operador. Muitas vezes esses procedimentos são realizados na obscuridade, tendo o exame radiográfico como auxiliar no diagnóstico e no tratamento. 


A utilização do microscópio no tratamento de canal (endodontia) confere maior precisão no diagnóstico, pois permite ampla visualização, auxilia na identificação e localização de canais calcificados, instrumentos fraturados e remoção de pinos nos canais.

Proporciona também mais segurança, qualidade e precisão na execução do procedimento, pois a visualização do campo de trabalho pode aumentar 40x, em relação ao tamanho real. 


Pode ser utilizado em qualquer especialidade odontológica, mas na endodontia, o uso do microscópio clínico operatório é de fundamental importância nos casos já citados e pode ser considerado como um grande aliado para o sucesso dos tratamentos. 


Novos protocolos de tratamento, novas técnicas, novos materiais e instrumentos foram introduzidos para serem utilizados conjuntamente com a microscopia clínica, abrindo horizontes no atendimento dos pacientes. 

Casos endodônticos considerados de difícil resolução, hoje podem ser tratados com essa nova tecnologia, possibilitando a manutenção de um maior número de dentes na cavidade oral.


A documentação odontológica é outro aspecto que, na prática, tem sido intensificado pelo  uso do microscópio. Ele possui uma unidade em que pode ser adaptada uma câmera fotográfica ou de vídeo. As gravações auxiliam o dentista legalmente, como também podem ser utilizadas para atuar na educação de pacientes, que na sua maioria entendem melhor com comunicação visual.


Como todo procedimento, o tratamento endodôntico com microscópio também oferece vantagens e desvantagens: 


Vantagens: A melhor visualização do campo operatório; procedimentos realizados com maior precisão; melhor posicionamento de trabalho para o operador e possibilidade de documentação em tempo real.


Desvantagens: O fator custo ainda deve ser considerado, tanto para o procedimento, propriamente dito, quanto para o dentista investir no aperfeiçoamento da técnica e no aparelho.


Mas o seu dentista vai saber encaminhá-lo para o profissional especializado, caso seja necessário